Existem factores de risco como o tabaco, o álcool ou doenças sistémicas que podem condicionar a durabilidade de um implante. No entanto, uma correta higiene e saúde oral e a visita regular ao seu dentista promovem a sobrevivência dos implantes ao longo dos anos, podendo muitas vezes durar toda a vida.